Os impactos ecológicos e sociais da co-gestão das pescas. Estudo de caso do Norte de Moçambique




A co-gestão, ou gestão participativa das pescas, consiste em devolver, ou abrir, à comunidade a gestão das pescas. Este trabalho, realizado no norte de Moçambique, analisou os impactos ecológicos e sociais da implementação da co-gestão das pescas. Primeiro foram encontradas e fotografadas 198 espécies ictíicas e produzido um guia de identificação de peixes de cabo delgado, essencial para quem trabalha no meio marinho. De seguida, o efeito de transbordamento foi detectado num santuário comunitário, para peixes herbívoros mas não para carnívoros, ao fim de seis anos.


Universidade de Aveiro - Departamento de Biologia






- Cabo Delgado


- Português


- Nenhuma restrição


- Biodiversidade Marinha;
- Biodiversidade Costeira


- Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


- Avaliação de impactos;
- Uso Comunitário da Biodiversidade


- Parque Nacional das Qurimbas



Download