Programa de Educação Ambiental para Estudantes do Ensino Primário da Província de Inhambane

No decorrer da IV Exposição de Biodiversidade realizada entre 3 – 12 de Agosto de 2018 na cidade de Inhambane, intitulada “A Cultura da Conservação e o Desenvolvimento Sustentável”, a BIOFUND organizou três dias de educação ambiental para estudantes provenientes de escolas ao redor das Áreas de Conservação de Inhambane.

Participaram do evento 26 estudantes, 10 provenientes da EP 1º e 2º grau de Covane (dentro do Parque Nacional do Zinave), 6 da EP 1º e 2º grau de Bazaruto (dentro do Parque Nacional do Arquipélago do Bazaruto) e 10 da EP 1º e 2º grau de Conguiana (Praia da Barra).

O programa de educação ambiental teve como objectivo desenvolver acções educativas, visando capacitar/habilitar estudantes (dos 9 aos 14 anos), sobre técnicas e ferramentas para minimizar impacto do lixo no meio ambiente; Proporcionar condições de aquisição de conhecimentos, habilidades entre os estudantes, bem como para o desenvolvimento de atitudes visando à participação individual e coletiva na gestão de resíduos sólidos e Partilhar conhecimento e práticas de gestão de recursos costeiros e marinhos através da participação em visitas guiadas para o mangal e santuários marinhos.

20180809_095038

Estas actividades foram realizadas com o apoio de um facilitador de educação ambiental e destacaram-se as seguintes:

A observação de baleias, constituiu um momento importante para os estudantes terem um contacto visual com um dos maiores animais mamíferos marinhos. Uma vez ser este o período de ocorrência de Baleias na costa moçambicana foi uma oportunidade única para os estudantes presentes.

A observação do plâncton (principal alimento do tubarão) com o auxílio de microscópios. Antecedido a esta observação do plâncton, foi feita uma introdução sobre o Tubarão Baleia e seu modo de vida, para facilitar a compreensão do assunto.

Visita guiada a estufa de mudas de mangal na cidade de Inhambane, em parceria com o Instituto de Investigação Pesqueira da Direcção Provincial do Mar, Águas Interiores e Pescas de Inhambane, onde aprenderam sobre o que são  mangais, distribuição de espécies de mangal (mangal vermelho e mangal branco), a importância do mangal para protecção costeira, combate a erosão, uso de estacas para lenha, entre outros serviços providenciados pelo mangal e o papel das instituições e pessoas na sua protecção.

Visita guiada a uma área marinha de conservação comunitária, em parceria com a Ocean Revolution, com intuito de aprender como as comunidades têm feito a sua gestão. É uma área natural que é manejada de maneira a garantir o sustento das comunidades, sem pôr em causa a conservação da área.

Limpeza de praia do Tofo antecedida por uma palestra realizada no escritório da All Out Africa, onde foram explicados os tipos de lixo que vem dar a costa através de várias formas.

Demonstrações básicas sobre resíduos, com o apoio do activista ambiental Carlos Serra, os estudantes tiveram uma oportunidade de serem sensibilizados sobre a importância de retirar o lixo plástico do ambiente.

Actividades artísticas, onde os estudantes aprenderam a aproveitar manifestações culturais da comunidade para desenvolver actividades de educação, desenharam os animais mais comuns que eles encontram nas suas zonas de origem e emblemáticos.

Jogos de introspecção, em parceria com a MMF, diversão sobre o meio ambiente, sobretudo de auto descoberta de elementos que podem encontrar no ambiente, animais marinhos como a tartaruga, poluição marinha.

Para além dessas actividades, os estudantes tiveram a oportunidade de participar na Exposição de Biodiversidade, Feira, projecção de filmes, jogos didáticos (Jogo de corrida de sacos, Puxa corda, Teia de aranha, Cartas).

Durante os 3 dias de actividades os estudantes foram avaliados, pelas suas atitudes, engajamento e qualidade de respostas após as actividades que participaram. A premiação dos 5 melhores alunos contou com a presença do Professor Doutor Almeida Guissamulo.

Estas actividades realizaram-se com o apoio de vários parceiros, com especial destaque para: Marine Megafauna Foundation, All Out Africa, Ocean Revoluction, IIP, CCS Itália, PN Zinave, Peace Park Foundation (PPF), PNA Bazaruto, African Parks (AP), Let´s do it, entre outros.