Lançamento da Campanha “A Caça Furtiva Rouba de Todos Nós”, Marca a Celebração do dia Mundial da Vida Selvagem.

Teve lugar nesta Quarta-Feira, 04 de Março no Hotel Meliã, na Cidade de Maputo o lançamento da campanha com o título “A Caça Furtiva Rouba de Todos Nós”.

Trata-se de uma campanha concebida pela Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) e pela organização não-governamental WILDAID, com vista a sensibilizar a sociedade para a prevenção e combate à caça furtiva. Como embaixadores, fazem parte da campanha Joaquim Chissano, antigo Presidente da República, os músicos Stewart Sukuma, Lizha James e King Sweet. A Fundação para a Conservação da Biodiversidade (BIOFUND) e outras organizações não governamentais, que zelam pela conservação da biodiversidade, associaram-se à iniciativa.

Na sessão de abertura do lançamento da campanha, a Ministra da Terra e Ambiente, destacou a importância da conservação da biodiversidade referindo que, usadas de forma sustentável, as espécies de fauna e flora podem contribuir significativamente para o desenvolvimento económico e social do país. O antigo Presidente Joaquim Chissano, reforçou este pensamento afirmando que “…Conservar o ambiente faunístico é conservar o nosso próprio ambiente”.

A campanha é lançada na esteira da Celebração do dia mundial da vida selvagem, que assinala-se a 03 de Março de cada ano, data decretada pelas Nações Unidas (ONU) com o objetivo de celebrar a multiplicidade das espécies a nível planetário, assim como alertar sobre o perigo que ameaça a fauna e flora mundial.

A participação da BIOFUND, está também relacionada com o projeto PROMOVE Biodiversidade, com foco nas províncias de Zambézia e Nampula, em parceria com a União Europeia (EU), que inclui o reforço da capacidade de gestão de algumas Áreas de Conservação, com destaque para a melhoria da capacidade de fiscalização e patrulha.