Exposição/feira sobre a Conservação da Biodiversidade em Gaza (Setembro 2016)

A BIOFUND realizou de 15 a 30 de Setembro de 2016 uma exposição-feira interactiva na província de Gaza, intitulada “A Cultura da Conservação e o Desenvolvimento Sustentável”.

Cerca de 3000 participantes, dentre os quais, estudantes do ensino primário, secundário e universitário e futuros professores da Província de Gaza estiveram presentes neste evento que a partir de 3 temas principais (aquático, terrestre e temas relevantes de Gaza – Solos de Gaza, Floresta Sagrada de Chirindzene; monitoria tartarugas em Gaza) deu mais uma vez grande visibilidade e conhecimento ao público dos objectivos de trabalho da BIOFUND e consciencialização da sociedade civil, especialmente a nível dos governos provinciais e distritais, para a importância e desafios da conservação da biodiversidade.

Repetição da Exposição

Para além das crianças e jovens presentes no evento, estiveram também diversas personalidades entre Ministros, ex-Ministros, Reitor, Governadora Provincial, Administradores Distritais, Directores Provinciais, Diplomatas, Activistas e especialistas em matérias ligadas à conservação.

O evento foi organizado com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano e o Governo da Província de Gaza, e co-organizado pela Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação, a Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) e a Fundação Universidade Pedagógica, com a participação do Instituto de Formação de Professores Eduardo Mondlane no Xai-Xai e do Instituto de Formação de Professores de Chongoene.

O objectivo deste projecto foi a partilha de informação e conhecimento sobre a importância e necessidade de conservar a biodiversidade do nosso país, dando particular enfase às riquezas, riscos e desafios existentes na província de Gaza, identificando e envolvendo parceiros e beneficiários de diferentes sectores.

A cerimónia de abertura que contou com a intervenção de suas excelências a Governadora de Gaza e o Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, no IFP de Chongoene, abordou a fundo os seguintes 5 temas:

  • A Conservação e a Educação;
  • O cenário da biodiversidade em Gaza;
  • Florestas sagradas em Gaza;
  • Paisagem cultural Bantu: desconstruindo paradigmas de conservação;
  • Conservação na província de Gaza, suas implicações, desafios e oportunidades.

Os seguintes dias (16-30 de Setembro) foram ainda marcados pela projecção de filmes sobre biodiversidade e conservação, por fóruns e debates sobre os temas: Conservação e Agricultura na província de Gaza; Biodiversidade, flora e fauna na província de Gaza; Biodiversidade e as comunidades e uma feira (15-17 Setembro) onde foram expostos 16 stands de instituições e NGOs locais, ilustrando projectos a decorrer em Gaza.

Repetição da Exposição

A exposição e a feira ilustraram com muita qualidade os diferentes habitats e espécies existentes em Moçambique, tendo havido especial enfoque em alguns aspectos relevantes para a província de Gaza, o que teve grande impacto nos visitantes. A realização de palestras integrando o conhecimento científico de estudos feitos em Gaza e os principais resultados obtidos assim como potenciais passos seguintes, teve um efeito multiplicador nos benefícios deste evento.

Durante as visitas das crianças ao evento, decorreram actividades educativas que incluíram concursos com diversos prémios de utilidade escolar, financiados pelo MINEDH. O vencedor do primeiro prémio foi contemplado com uma visita de 2 dias ao Parque Nacional do Limpopo, com o apoio da BIOFUND e do IFP Eduardo Mondlane do Xai-Xai.

Este evento impulsionou um melhor entendimento da necessidade de preservar a biodiversidade em prol de um desenvolvimento sustentável, identificando problemas e desafios a enfrentar a curto, médio e longo prazo; e ajudou também a identificar, juntar e fortalecer sinergias de organizações que trabalham em áreas interligadas e muitas vezes interdependentes.

O evento teve financiamento dos projectos de apoio à BIOFUND, nomeadamente o Grupo Banco Mundial/IDA (projecto MozBio) e o PNUD/GEF (projecto ProFin), assim como patrocínio da Cooperação Austríaca para o Desenvolvimento e do Machibombo Escolar da Sir Motors.

Como resultado do evento, foi produzido um filme documentário.