Biblioteca Virtual

A Biblioteca Virtual da BIOFUND é um arquivo on-line de informações sobre a biodiversidade em Moçambique, organizado de acordo com as linhas sugeridas pela ”Clearing House Mechanism” da Convenção sobre Biodiversidade. A Biblioteca Virtual pretende disponibilizar todos os documentos, estudos, relatórios, artigos, materiais educacionais e de comunicação, mapas e arquivos digitais que tenham sido produzidos, para servir como um repositório de nossa memória institucional colectiva como a comunidade de conservação do país. A utilidade da Biblioteca Virtual melhorará quanto mais compartilhamos entre nós. Se tiver algum material que actualmente não faz parte da Biblioteca Virtual, clique em "Adicionar Documento" e se torne um contribuidor.

Filtros

Palavras-chave

Título

Autor

Ano de Publicação

-

Província

Tema

Tipo de Biodiversidade

Áreas de Conservação

Título Autor Ano de Publicação
Distributing conservation incentives in the buffer zone of Chitwan National Park, NepalARIAN SPITERI1 AND SANJAY K. NEPAL2008


2007


Since the late 1980s, biodiversity conservation efforts have expanded to incorporate delivering social and economic benefits to communities nearby or within protected areas. Benefits can generate incentives to encourage conservation support; however, such incentive-based programmes (IBPs) have been criticized owing to their inability to provide equal and equitable distribution of benefits. This research examines the distribution of IBPs in the buffer zone of Nepal’s Chitwan National Park (CNP). Questionnaire interview data indicate the livelihoods of buffer zone residents remain strained by conservation activities. While benefits under IBPs are recognized by the residents, villages distant from the main tourist entry points to the park...


Environmental Conservation 35 (1): 76–86




doi:10.1017/S0376892908004451


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Uso Comunitário da Biodiversidade


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Distributing conservation incentives in the buffer zone of Chitwan National Park, Nepal
Convivendo com o Fogo— Manutenção dos Ecossistemas & Subsistência com o Manejo Integrado do FogoRonald L. Myers2006


2006


A percepção do fogo como ferramenta útil surgiu com os primeiros humanos quando estes, há milhares de anos, passaram a se beneficiar dos efeitos do fogo para alterar a vegetação e a vida selvagem nas savanas africanas. É muito provável que a ameaça, representada pelo fogo, à segurança e à subsistência desses povos já lhes fosse óbvia, de modo que, à medida que a humanidade foi se espalhando pelo planeta, novos regimes de fogo foram criados, os quais moldavam e modificavam sucessivamente a paisagem. Há também os incêndios que destroem as casas, as lavouras, os animais e os outros recursos. Portanto, “as duas faces do fogo” — o fogo benéfico e o fogo maléfico — sempre existiram.


The Nature Conservancy




nature.org/fire, http://tncfuego.org


N/A




Português


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Documentos de Projeto, Relatórios de Projetos e Avaliações


Educação ambiental


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Convivendo com o Fogo— Manutenção dos Ecossistemas & Subsistência com o Manejo Integrado do Fogo
Detecting Changes in Ecological Time SeriesAlan D. Jassby; Thomas M. Powell1990


1990


Some practical techniques are discussed for analyzing time series whose statistical properties are changing with time. We first consider how principal component analysis can reduce the multidimensional nature of certain series and, in particular, apply this techniques to analyze of changing seasonal patterns. Discussion of trend, changes in oscillatory behavior and unusual events flow. The problem of making inferences regarding causation is briefly considered. We conclude with a call for flexibility in approach.


The Ecological Society of America




inks.jstor.org/sici?sici=0012-96581990127162044DCIETS2.0.CO2-K


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Detecting Changes in Ecological Time Series
Erosion Hazard Mapping MozambiqueWambeke J. Van1986


1986


This report is one of a series of SADC country report on the erosion hazard mapping of the region. It arises from project initiated in September 1985 in the first phase of the program of the coordination unit for soil and water conservation and land utilization, based in Lesotho


Departamento da terra e água comunicação n020, 1986




Departamento da terra e água comunicação n020, 1986


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Geral


Documentos de Projeto, Relatórios de Projetos e Avaliações


Avaliação de impactos


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Erosion Hazard Mapping Mozambique
UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS INTEGRADAS NA PRODUÇÃO DA CARTA GEOAMBIENTAL DA CIDADE DA BEIRA, MOÇAMBIQUE Resultados PreliminaresJudite FERNANDES ; Maria João BATISTA ; Elsa RAMALHO ; Lídia QUENTAL ; Ruben DIAS ; Tomás OLIVEIRA ; Grácio CUNE ; Elias DAUDI ; Dino MELISSE ; Ussene USSENE; Vitor MANHIÇA2010


2010


A cidade da Beira, em Moçambique, localizada na foz do Rio Pungué, constitui um núcleo urbano de elevada densidade e complexidade, com uma ocupação humana superior a 400000 habitantes. No perímetro urbano estão identificados problemas como a degradação do edificado urbano, a ocupação desordenada da sua cintura envolvente, abastecimento de água potável e condições sanitárias deficientes em muitos locais, que suscitam grande preocupação nas autoridades provinciais e nacionais. Esta preocupação deu origem à execução de um projecto de cooperação entre Moçambique e Portugal, que se sintetiza na Carta Geoambiental da Beira, na escala 1/50000, em fase final de preparação, cujo objectivo principal consiste na avaliação dos problemas ambientais ...


10.º Congresso da Água – Marcas d´Água




10.º Congresso da Água – Marcas d´Água


N/A




Português


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Documentos de Projeto, Relatórios de Projetos e Avaliações


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS INTEGRADAS NA PRODUÇÃO DA CARTA GEOAMBIENTAL DA CIDADE DA BEIRA, MOÇAMBIQUE Resultados Preliminares
Report to the Carr Foundation Gorongosa National Park Program 2005Nadine Laporte, Frank Merry, Paul Lefebvre, Greg Fiske, and Bob Grosh2005


2005


The effective planning and monitoring of the Gorongosa National Park (GNP) and the Gorongosa Mountain ecosystems will require understanding of past, present and future interactions between the biophysical, animal and human environments. The compilation, analysis and modeling of the variables controlling these complex interactions could be facilitated through the use of Geographical Information Systems. Park managers are increasingly using such tools to assist them in landscape-level conservation planning, species distribution modeling and human infrastructure monitoring and modeling, as well as in setting priorities for specific species. While we recognize the need to address an overall information system for the entire Gorongosa complex...


The Woods Hole Research Cente




The Woods Hole Research Cente


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Report to the Carr Foundation Gorongosa National Park Program 2005
Inventory of free-ranging lions Panthera leo in AfricaH. Bauer and S. Van Der Merwe2004


2001


Panthera leo has never been comprehensively assessed. The number of free ranging African lions are small and fragmented in West and Central Africa, whereas the species still occurs widely in East- and Southern Africa. We present an inventory of available information, covering most protected areas and ranging in quality from educated guesses to individually known populations. This gives a conservative estimate of 16,500–30,000 free ranging lions in Africa. The results concur with the current IUCN Red List categorization of the lion as Vulnerable.


Oryx Vol 38 No 1 January 2004




DOI: 10.1017/S0030605304000055


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Inventory of free-ranging lions Panthera leo in Africa
Ecological Thresholds: The Key to Successful Environmental Management or an Important Concept with No Practical Application?Peter M. Groffman, Jill S. Baron, Tamara Blett, Arthur J. Gold, Iris Goodman, Lance H. Gunderson, Barbara M. Levinson, Margaret A. Palmer, Hans W. Paerl, Garry D. Peterson, N. LeRoy Poff, David W. Rejeski, James F. Reynolds, Monica G. Turner, Kathleen C. Weathers, and John Wiens2006


2003


An ecological threshold is the point at which there is an abrupt change in an ecosystem quality, property or phenomenon, or where small changes in an environmental driver produce large responses in the ecosystem. Analysis of thresholds is complicated by nonlinear dynamics and by multiple factor controls that operate at diverse spatial and temporal scales. These complexities have challenged the use and utility of threshold concepts in environmental management despite great concern about preventing dramatic state changes in valued ecosystems, the need for determining critical pollutant loads and the ubiquity of other threshold-based environmental problems. In this paper we define the scope of the thresholds concept in ecological science...


Ecosystems (2006) 9: 1–13




DOI: 10.1007/s10021-003-0142-z


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Avaliação de impactos


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Ecological Thresholds: The Key to Successful Environmental Management or an Important Concept with No Practical Application?
PRIORITIES FOR PROTECTED AREA RESEARCHNigel Dudley, Marc Hockings, Sue Stolton, Thora Amend, Ruchi Badola, Mariasole Bianco,Nakul Che􀆩ri, Carly Cook,Jon C. Day, Phil Dearden, Mary Edwards, Paul Ferraro, Wendy Foden Roberto Gambino, Kevin J. Gaston,Natalie Hayward,Valerie Hickey, Jason Irving, Bruce Jeffries, Areg Karapetyan, Marianne Ke􀆩unen, Lars Laestadius, Dan Laffoley, Dechen Lham, Gabriela Lichtenstein, John Makombo,26 Nina Marshall, Melodie McGeoch, Dao Nguyen, Sandra Nogué, Midori Paxton Madhu R Russell Reichelt, Jorge Rivas,Dirk Roux, Claudia Ru􀆩e, Kate Schreckenberg, Andrej Sovinc, Svetlana Sutyrina,Agus Utomo, Daniel Vallauri, Pål Olav Vedeld, Bas Verschuuren, John Waithaka, Stephen Woodley, Carina Wyborn and Yan Zhang.Nigel Dudley, Marc Hockings, Sue Stolton, Thora Amend, Ruchi Badola, Mariasole Bianco, Nakul Che􀆩ri, Carly Cook, Jon C. Day, Phil Dearden, Mary Edwards, Paul Ferraro, Wendy Foden, Roberto Gambino, Kevin J. Gaston, Natalie Hayward,Valerie Hickey, Jason Irving, Bruce Jeffries, Areg Karapetyan, Marianne Ke􀆩unen, Lars Laestadius, Dan Laffoley, Dechen Lham, Gabriela Lichtenstein, John Makombo, Nina Marshall, Melodie McGeoch, Dao Nguyen, Sandra Nogué, Midori Paxton, Madhu , Russell Reichelt, Jorge Rivas, Dirk Roux, Claudia Ru􀆩e, Kate Schreckenberg, Andrej Sovinc, Svetlana Sutyrina, Agus Utomo Daniel Vallauri, Pål Olav Vedeld, Bas Verschuuren, John Waithaka, Stephen Woodley, Carina Wyborn and Yan Zhang.2018


2018


A hundred research priorities of critical importance to protected area management were identified by a targeted survey of conservation professionals; half researchers and half practitioners. Respondents were selected to represent a range of disciplines, every continent except Antarctica and roughly equal numbers of men and women. The results analysed thematically and grouped as potential research topics as by both practitioners and researchers. Priority research gaps reveal a high interest to demonstrate the role of protected areas within a broader discussion about sustainable futures and if and how protected areas can address a range of conservation and socio-economic...


PARKS VOL 24.1 MAY 2018| 35




10.2305/IUCN.CH.2018.PARKS‐24‐1ND.en


N/A




Inglês


Nenhuma restrição


Geral


AC - Documentos de Gestão


Áreas Protegidas


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

PRIORITIES FOR PROTECTED AREA RESEARCH
Instantaneous Pre-Fire Biomass and Fuel Load Measurements from Multi-Spectral UAS Mapping in Southern African SavannasTom Eames, Jeremy Russell-Smith, Cameron Yates , Andrew Edwards , Roland Vernooij , Natasha Ribeiro , Franziska Steinbruch and Guido R. van der Werf2021


2018 and 2019


Landscape fires are substantial sources of (greenhouse) gases and aerosols. Fires in savanna landscapes represent more than half of global fire carbon emissions. Quantifying emissions from fires relies on accurate burned area, fuel load and burning efficiency data. Of these, fuel load remains the source of the largest uncertainty. In this study, we used high spatial resolution images from an Unmanned Aircraft System (UAS) mounted multispectral camera, in combination with meteorological data from the ERA-5 land dataset, to model instantaneous pre-fire above-ground biomass. We constrained our model with ground measurements taken in two locations in savannadominated regions in Southern Africa, one low-rainfall region (660 mm year−1...


Fire




https://www.mdpi.com/2571-6255/4/1/2


N/A;
Niassa




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Alterações Climáticas e Biodiversidade;
Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações


Reserva Nacional do Niassa;
Áreas de Conservação Internacionais

Instantaneous Pre-Fire Biomass and Fuel Load Measurements from Multi-Spectral UAS Mapping in Southern African Savannas
Characterization of a Pleistocene thermal spring in MozambiqueFranziska Steinbruch & Broder J. Merkel2008


2007


A hydrogeological study was conducted with the objective to investigate the only currently known hot spring of Sofala Province in Mozambique with respect to the origin of the water, the discharge, and its chemical composition. Field investigations comprised a general land use survey, mapping of sediment and water temperatures, discharge measurements and on-site water chemistry as well as sampling for further chemical analyses and groundwater dating. Thermal water discharge occurs along a 100m long NE–SW zone with water temperatures ranging from 42 to 64.5°C. The thermal water is a lowmineralized sodium-chloride-sulfate water enriched in phosphate, fluorine and nickel. The silica geothermometer, the silica concentration of 43mg/kg ...


Hydrogeology Journal (2008) 16: 1655–1668




DOI 10.1007/s10040-008-0343-9


N/A;
Sofala




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade das águas interiores e zonas húmidas


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Alterações Climáticas e Biodiversidade


Parque Nacional de Gorongosa

Characterization of a Pleistocene thermal spring in Mozambique
Assessment of land use and land cover changes from 1979 to 2017 and biodiversity & land management approach in Quirimbas National Park, Northern Mozambique, AfricaSerafino Afonso Rui Mucova, Walter Leal Filho, Ulisses Miranda Azeiteiro, Mario Jorge Pereira2018


1979 - 2017




Global Ecology and Conservation






Cabo Delgado




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal;
Biodiversidade Costeira


Filmes


Alterações Climáticas e Biodiversidade


Parque Nacional das Qurimbas

Assessment of land use and land cover changes from 1979 to 2017 and biodiversity & land management approach in Quirimbas National Park, Northern Mozambique, Africa
Coastal blue carbon stocks in Tanzania and MozambiqueMartin Gullström, Martin Dahl, Olof Lindén, Francis Vorhies, Sara Forsberg, Rashid O. Ismail and Mats Björk2021






IUCN, International Union for Conservation of Nature




https://portals.iucn.org/library/sites/library/files/documents/2021-001-En.pdf


N/A




Inglês


Permitido


Biodiversidade Marinha;
Biodiversidade Costeira


Documentos de Projeto, Relatórios de Projetos e Avaliações


Alterações Climáticas e Biodiversidade;
Avaliação de impactos


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Coastal blue carbon stocks in Tanzania and Mozambique
Cloud-native Seascape Mapping of Mozambique’s Quirimbas National Park with Sentinel-2Dimitris Poursanidis, Dimosthenis Traganos, Luisa Teixeira, Aurelie Shapiro, & Lara Muaves2020






ZSL - Lets Work For Wildlife




http://el.wiley.com/ls/click?upn=3P-2FFNDAGSso-2BACQqCJSxZSG7cy2tUPXeAXjAYOpP7aJvk73trYxJa0SQo-2FKBEuEWX-2FMDF6QdcGggrKISldXvQe0s-2FkhxoolrDgN8U0epLm-2FldcRSSZojevp6dx6uB3CeCoORh5NdJAmHRovGT3yNu-2BaUIdRaPWYfFKYeAS87IenzpwVOWOykEdsL-2BCBLrrepMrYI-2B0Xry8M7xgeY5hU95ZDMkMe5m5S79-2F0-2BREbw4jzNcqfCAZHypuw4P5sc6MQpesD-2FnEbQDZf3rqvBIItP1HNSsbwPZU14ZDCJDfoCug8MiVHm66r1oDUTUgHaoQDTgRr08sxbvaNB3rzqoSiAv5rzTXtt45Yj7Y1vwRGcY6DZtI-2Fy0raQ5BkNHFUEajPpqu-2FN1ZG8yiP-2BQlShmVeEvtqESv5ePQ8m-2FURd-2BqYV-2FcRxq6Q2CfNQBe7EEqz10CG11BIJVW0WjX-2B-2Fh7uqdi-2FbUA-3D-3DVs7t_qnF04hVnujGRKui-2BLgpEZDsg5jOUDollvvuzuOvujsoyJ3eM0Z-2F3Xi4N8kppYYKeo2tEWpIFm0LVKYOXqLcqvGzaZZd0pj8hqJmVOd-2BD7l-2F9bnwzI-2BOrQsvk-2B3qiIjBdI-2BdQyOpIhD5ZEL4sFQYWj1dnHqgcUAH2Ux7t3lz4bZ-2FfZFOggf4H04aFGjB3XHliE4vcZBunDNYzS2pgxOm6gIrLM-2F0co8J56qy58Z-2F8fW6hC1uNiSihITJ2KXp-2FAGMUF0nJfzJLOuRCWA488EgX49qt8aqBeJD-2BiHxr5WfNQzdreEpkI538UKpl-2BJkQJt6j


Cabo Delgado




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Marinha


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Áreas Protegidas


Parque Nacional das Qurimbas

Cloud-native Seascape Mapping of Mozambique’s Quirimbas National Park with Sentinel-2
Our Planet Reviewed programme report n°1 The Coastal Forests of Northern Mozambique 2008-2009 ExpeditionsInstituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM)2011












N/A




Inglês


Permitido


Biodiversidade Florestal


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Diversidade biológica e cultural


Nenhuma / Não aplicável

Our Planet Reviewed programme report n°1 The Coastal Forests of Northern Mozambique 2008-2009 Expeditions
TOOLKIT PARA ESTABELECIMENTO DE LMMAS: Um estudo de caso da abordagem ‘Nosso Mar Nossa Vida’ (OSOL) para a conservação marinha comunitária no norte de MoçambiqueSaide Amade, Rachide Cachimo, Ercílio Chauque, Mário Daide, Jeremy Huet, Tomas Langa, Maida Lobo, Semo Mapai, Jamen Mussa, Bibiana Nassongole, Kennedy Osuka, Nelza Patrício, Ana Pinto, Melita Samoilys, Sérgio Rosendo, Isabel Silva e Teresa Tsotsane2020






Londres: Zoological Society of London e Pemba: Associação do Meio Ambiente




https://admin.zsl.org/sites/default/files/ToolkitPTFINAL300620.pdf?_ga=2.197413167.1244695689.1602161002-1048984226.1602161002


Cabo Delgado;
Nampula;
Niassa




Português


Nenhuma restrição


Biodiversidade Marinha


AC - Documentos de Gestão


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações;
Uso Sustentável da Biodiversidade;
Uso Comunitário da Biodiversidade


Nenhuma / Não aplicável

TOOLKIT PARA ESTABELECIMENTO DE LMMAS: Um estudo de caso da abordagem ‘Nosso Mar Nossa Vida’ (OSOL) para a conservação marinha comunitária no norte de Moçambique
Toolkit for LMMA establishment: A case study of Our Sea Our Life’s approach to community-based marine conservation in northern Mozambique.Saide Amade, Rachide Cachimo, Ercílio Chauque, Mário Daide, Jeremy Huet, Tomas Langa, Maida Lobo, Semo Mapai, Jamen Mussa, Bibiana Nassongole, Kennedy Osuka, Nelza Patrício, Ana Pinto, Melita Samoilys, Sérgio Rosendo, Isabel Silva, Teresa Tsotsane2020






London: Zoological Society of London and Pemba: Associação do Meio Ambiente




https://www.zsl.org/sites/default/files/ToolkitENGFINAL300620.pdf


Cabo Delgado;
Nampula;
Niassa




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Marinha


AC - Documentos de Gestão


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações;
Uso Sustentável da Biodiversidade;
Uso Comunitário da Biodiversidade


Nenhuma / Não aplicável

Toolkit for LMMA establishment: A case study of Our Sea Our Life’s approach to community-based marine conservation in northern Mozambique.
Mammals from the Save River, Mozambique, with Descriptions of Two New BatsWalter W. Dalquest1965




During October 1963, 325 specimens of mammals were from the Save River area, Mozambique, mostly near the hunting camp midway between the Indian Ocean and the Southern Rhodesian boundary. teris vinsoni and Scotophilus alvenslebeni are described as new, Triaenops sicus is recorded from southern Africa for the first time, and data are concerning 51 other kinds of mammals, most of which are represented mens.


American Society of Mammalogists






Sofala




Inglês


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Diversidade biológica e cultural


Nenhuma / Não aplicável

Mammals from the Save River, Mozambique, with Descriptions of Two New Bats
Grasses cope with high-contrast ecosystem conditions in the large outflow of the Banhine wetlands, MozambiqueMarkus Klemens Zaplata, Abel Nhabanga, Marc Stalmans, Thomas Volpers, Michael Burkart, Erik Sperfeld2020












Gaza




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Restauração do Ecossistema


Parque Nacional de Banhine

Grasses cope with high-contrast ecosystem conditions in the large outflow of the Banhine wetlands, Mozambique
Long-term changes in forest cover in a global biodiversity hotspot in southern Mozambique- Licuáti Forest ReserveTokura, W., Matimele, H., Smit, J. & Hoffman, M.T.2020


1990-2016


Deforestation is a complex and dynamic process of widespread concern in sub-Saharan Africa that is influenced by a range of social, economic and biophysical factors. In this study was analyzed the patterns of deforestation and its potential drives in the Licuáti Forest Reserve, a biodiversity hotspot in southern Mozambique, between 1990 and 2016. The results show a substantial increase in the rate of deforestation since 1990 was detected in this vulnerable thicket vegetation, and the probability of that deforestation was significantly higher near the major roads, where houses are located. This suggests that the proximity of human settlements to the forest, and access to charcoal markets in urban areas, influenced the spatial pattern.


Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM)






Maputo




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Diversidade biológica e cultural;
Alterações Climáticas e Biodiversidade;
Áreas Protegidas;
Uso Sustentável da Biodiversidade;
Uso Comunitário da Biodiversidade;
Ameaças à Biodiversidade


Reservas Florestais

Long-term changes in forest cover in a global biodiversity hotspot in southern Mozambique- Licuáti Forest Reserve
Monte Mabu: Avaliação da Biodiversidade e seu potencial para a criação de Área de ConservaçãoCentro de Pesquisa e Consultoria, Lda.2014




O objectivo global da actividade da Direcção Provincial do Turismo é identificar e propor áreas que pelas suas características biofísicas, estéticas ou paisagísticas e outro componentes que possam ser definidas como áreas de conservação.No âmbito deste objectivo, foi proposta a elaboração do presente Estudo de Avaliação da Biodiversidade do Monte Mabu e seu Potencial para a Criação de Área de Conservação, uma ferramenta que visa fornecer a DPTZ,como órgão de coordenação das acções de gestão de áreas de conservação, bem como a todos os intervenientes neste processo,um subsídio para propor a inclusão deste maciço montanhoso como áreas de conservação dado o seu elevado valor biótico, paisagísticos entre, outros.


Direcção Provincial do Turismo da Zambézia






Zambézia




Português


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal;
Biodiversidade de montanha


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Turismo e Biodiversidade


Nenhuma / Não aplicável

Monte Mabu: Avaliação da Biodiversidade e seu potencial para a criação de Área de Conservação
Contratos públicos e subvenções no âmbito das ações externas da União Europeia – Guia PráticoUnião Europeia - Prag2019












N/A




Português


Nenhuma restrição


Geral


Documentos de Projeto, Relatórios de Projetos e Avaliações


Legal e Política (Leis, regulamentos, planos de acção de estratégias, etc)


Outras Áreas de Conservação Nacionais

Contratos públicos e subvenções no âmbito das ações externas da União Europeia – Guia Prático
Inventário de Terras Húmidas em Moçambique: Identificação de Áreas com 500 hectares ou mais.A. Couto, P. Bonate & Y. Simango2019






WWF em parceria com a Fundação para a Conservação da Biodiversidade - BIOFUND




https://we.tl/t-7oQkdFG8pE


Todas as Províncias




Português


Nenhuma restrição


Biodiversidade das águas interiores e zonas húmidas


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Avaliação de impactos


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

Inventário de Terras Húmidas em Moçambique: Identificação de Áreas com 500 hectares ou mais.
Mozambique Tropical Important Plant Areas Fieldwork Report: Inhambane Province – Panda, Mabote and Lagoa Poelela, Jan-Feb 2019J. Osborne, C. Langa, C. Datizua & I. Darbyshire2019




Tal como acontece em outras parte de Moçambique, a província de Inhambane é relativamente pobre em pesquisas botânicas recentes. Esta expedição de investigação botânica, foi realizada em três distritos de Inhambane nomeadamente, Panda, Mabote e Inharrime, com o objectivo de (i) documentar a vegetação (ii) documentar a diversidade de plantas , focando-se na actualização de registos antigos de ocorrência de plantas endémicas, hoje regionalmente ameaçadas, (iii) avaliação da ocupação da terra e das ameaças, e (iv) a identificação de potenciais áreas importantes para a conservação de plantas (IPAs). Várias espécies foram documentadas, e uma nova espécie endémica de Maputaland (Cola dorrii) foi registada pela primeira vez em Moçambique.


Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM)


Esta expedição é resultado do trabalho que decorre no âmbito do Projecto TIPAs Mozambique (Mozambique Tropical Important Plant Areas) implementado pelo IIAM através do Herbário Nacional (LMA) em parceria com o Herbário Kew, Royal Botanic Gardens do Reino Unido. TIPAs tem como principal objectivo, identificar áreas Importantes para a conservação de Plantas em Moçambique.


Kew, Royal Botanic Gardens, do Reino Unido. https://www.kew.org


Inhambane




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Diversidade biológica e cultural;
Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações;
Uso Sustentável da Biodiversidade;
Uso Comunitário da Biodiversidade;
Ameaças à Biodiversidade


Nenhuma / Não aplicável

Mozambique Tropical Important Plant Areas Fieldwork Report: Inhambane Province – Panda, Mabote and Lagoa Poelela, Jan-Feb 2019
A synopsis of Polysphaeria (Rubiaceae) in Mozambique, including two new speciesIain darbyshire 1*, Clayton langa & Maria M. Romeiras2019


2019


O género Polysphaeria é investigado em Moçambique com base em estudos morfológicos detalhados de espécimes de herbário, resultando no reconhecimento de duas novas espécies. A primeira, Polysphaeria ribauensis, é baseada na Kraussia sp. A encontrada no Flora Zambesiaca e é endémica das Montanhas Ribáuè da província de Nampula. A segunda, Polysphaeria harrisii, é conhecida apenas do Monte Mabu e do Monte Ile, na província da Zambézia, e já foi no passado confundido com Polysphaeria lanceolata.


Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM)


Trata-se de espécies ameaçadas de extinção, segundo os critérios da Lista Vermelha da IUCN, classificadas como Em Perigo (EN) B1ab(iii)+2ab(iii). Este é um dos resultados do trabalho que decorre no âmbito do Projecto TIPAs Mozambique (Mozambique Tropical Important Plant Areas) implementado pelo IIAM através do Nacional (LMA) em parceria com o Herbário Kew, Royal Botanic Gardens do Reino Unido. O programa (TIPAs) tem como principal objectivo, identificar as áreas importantes para conservação da diversidade de Plantas em Moçambique.




Nampula;
Zambézia




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade de montanha


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Diversidade biológica e cultural


Reservas Florestais

A synopsis of Polysphaeria (Rubiaceae) in Mozambique, including two new species
Mozambique Tropical Important Plant Areas Fieldwork Report: Inhambane Province – Panda, Mabote and Lagoa Poelela, Jan-Feb 2019J. Osborne, C. Langa, C. Datizua & I. Darbyshire2019


2019


Tal como como acontece em outras parte de Moçambique, a província de Inhambane é relativamente pobre em pesquisas botânicas recentes. Esta expedição de investigação botânica, foi realizada em três distritos de Inhambane nomeadamente, Panda, Mabote e Inharrime, com o objectivo de (i) documentar a vegetação (ii) documentar a diversidade de plantas , focando-se na actualização de registos antigos de ocorrência de plantas endémicas, hoje regionalmente ameaçadas, (iii) avaliação da ocupação da terra e das ameaças, e (iv) a identificação de potenciais áreas importantes para a conservação de plantas (IPAs). Varias espécies foram documentas, e uma nova espécie endémica de Maputaland (Cola dorrii) foi regista pela primeira vez em Moçambique.


Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM)


Esta expedição é resultado do trabalho que decorre no âmbito do Projecto TIPAs Mozambique (Mozambique Tropical Important Plant Areas) implementado pelo IIAM através do Herbário Nacional (LMA) em parceria com o Herbário Kew, Royal Botanic Gardens do Reino Unido. TIPAs tem como principal objectivo, identificar áreas Importantes para a conservação de Plantas em Moçambique.


Kew, Royal Botanic Gardens, do Reino Unido. https://www.kew.org


Inhambane




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Diversidade biológica e cultural;
Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações;
Uso Sustentável da Biodiversidade;
Uso Comunitário da Biodiversidade;
Ameaças à Biodiversidade


Nenhuma / Não aplicável

Mozambique Tropical Important Plant Areas Fieldwork Report: Inhambane Province – Panda, Mabote and Lagoa Poelela, Jan-Feb 2019
The endemic plants of Mozambique: diversity and conservation statusIain Darbyshire*, Jonathan Timberlake*, Jo Osborne, Saba Rokni, Hermenegildo Matimele, Clayton Langa, Castigo Datizua, Camila de Sousa, Tereza Alves, Alice Massingue, Jeneen Hadj-Hammou, Sonia Dhanda, Toral Shah, Bart Wursten2019


2017


Apresenta-se a lista das plantas vasculares de Moçambique, que compreende 271 taxa endémicos (235 espécies) e 387 taxa quase-endémicos (337 espécies). Cerca de 50% dos taxa foram avaliados quanto ao risco de extinção, estando mais da metade ameaçados globalmente (57% de endemismos) e 10% (17% de endemismos) foram incluídos na categoria Informação Insuficiente (DD), revelando que a maioria das plantas endémicas de Moçambique necessitam de conservação urgente. Este estudo fornece novos dados indispensáveis à identificação das “Áreas Importantes de Plantas – IPAs” em Moçambique, contribuindo ainda para implementar as estratégias de conservação anteriormente estabelecidas pela Convenção sobre a Diversidade Biológica (CBD).


Instituto de Investigação Agraria de Moçambique (IIAM)


Este artigo científico constitui a mais complexa e actualizada lista sobre a diversidade e estado de conservação de espécies de Plantas endémicas de Moçambique e novas regiões propostas como centros de endemismo de Moçambique. É um fruto do trabalho que decorre no âmbito do Projecto TIPAs Mozambique (Mozambique Tropical Important Plant Areas) implementado pelo IIAM através do Nacional (LMA) em parceria com o Herbário Kew, Royal Botanic Gardens do Reino Unido.


Parceiro do Kew, Royal Botanic Gardens, do Reino Unido. https://www.kew.org


Todas as Províncias




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade Florestal;
Biodiversidade de montanha


Artigo com revisão pelos pares e teses universitárias


Diversidade biológica e cultural;
Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações;
Áreas Protegidas;
Uso Sustentável da Biodiversidade;
Ameaças à Biodiversidade


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

The endemic plants of Mozambique: diversity and conservation status
GUIÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTALMINISTÉRIO DA TERRA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL2019




O presente Guião é um instrumento prático que fornece as linhas orientadoras para implementar actividades e iniciativas de sensibilização, consciencialização e educação sobre questões ambientais que afectam as comunidades dentro e ao redor das Áreas de Conservação. O Guião tem como base a Política Nacional do Ambiente (PNA), aprovada pela Resolução n.º 5/95, de 3 de Agosto, que define como objectivo principal “desenvolver uma consciência ambiental da população, para possibilitar a participação pública na gestão ambiental”. O Guião visa promover uma mudança de comportamento e atitude dos indivíduos e comunidades que vivem nas ACs em relação à conservação da biodiversidade e ao uso sustentável dos recursos naturais.




O Guião está estruturado da seguinte forma: a primeira parte introdutória apresenta a contextualização e âmbito da elaboração do guião; a segunda parte diz respeito aos principais objectivos, metodologia, princípios de programa de educação ambiental, incluindo o diagnóstico ambiental; na terceira parte encontra-se informação sobre a implementação de programa de educação ambiental para as comunidades locais; a quarta parte é referente à implementação de programa de educação ambiental nas escolas, incluindo os Clubes ambientais e de Raparigas; por fim nos anexos são apresentados temas para os clubes ambientais, bem como a descrição de actividades de educação ambiental que podem ser realizadas nas comunidades e escolas.




Todas as Províncias




Português


Nenhuma restrição


Geral


Informações Gerais


Educação ambiental


Todas Áreas de Conservação de Moçambique

GUIÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
À Medida que as Vedações Caem Preocupações Emergentes em Áreas de Conservação Transfronteiriças(SAAD-ACTFGL)2008




O objectivo deste documento é fazer um sumário succinto para pessoas que têem de tomar decisões em assuntos relacionados com Áreas de Conservação Transfronteiriças (ACTFs), doenças transmissíveis, e as interacções entre fauna bravia, pecuária, agricultura, saúde pública e outros sectores relacionados. Também sumariza um modelo conceptual que dá ênfase a uma abordagem proactiva de ajudar todas as partes interessadas em ACTFs, a melhor perceberem e minimizarem estes efeitos, e avaliarem a sustentabilidade no longo prazo, das várias opções de uso da terra.


Wildlife Conservation Society






Maputo




Português


Nenhuma restrição


Outra biodiversidade terrestre


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Identificação, Monitoria, Indicadores e Avaliações;
Áreas Protegidas;
Turismo e Biodiversidade;
Uso Comunitário da Biodiversidade


Parque Nacional de Limpopo;
Áreas de Conservação Transfronteiriças

À Medida que as Vedações Caem Preocupações Emergentes em Áreas de Conservação Transfronteiriças
MT NAMULI, MOZAMBIQUE: BIODIVERSITY AND CONSERVATIONJonathan Timberlake, Francoise Dowsett-Lemaire, Julian Bayliss, Tereza Alves, Susana Baena, Carlos Bento, Katrina Cook, Jorge Francisco, Tim Harris, Paul Smith & Camila de Sousa2009




Mt Namuli at 2419 m is the high point of a massif and associated granite peaks situated near Gurué town, Zambézia Province in north-central Mozambique, and the second-highest peak in the country. It is surrounded at lower altitudes by extensive tea plantations, now being rehabilitated, and has perhaps the best agro-ecological conditions in the country. Increasingly, people are settling in the area and slowly encroaching up the slopes. Although recognised for many years as being of particular biological interest, Namuli is not formally protected, is little-explored and the conservation threats to its biodiversity have not yet been properly documented.


Darwin Initiative Award 15/036: Monitoring and Managing Biodiversity Loss in South-East Africa's Montane Ecosystems


This report gives an account of the Namuli area, the history of its exploration and biological survey, along with the detailed findings of two international scientific expeditions carried out in 2007 under a UK Government Darwin Initiative grant. Covering an area of about 200 km2 above 1200 m, the broader Namuli massif comprises some spectacular rugged granite peaks and an associated series of small plateaux at altitudes of around 1800–2000 m. The extent of moist montane forest is around 1100 ha, most of it above 1700 m, with only about 135 ha of scattered medium-altitude forest below 1600 m.




Zambézia




Inglês


Nenhuma restrição


Biodiversidade de montanha


Relatórios, Estudos, Avaliações de Biodiversidade, Linhas de Base


Diversidade biológica e cultural;
Áreas Protegidas;
Uso Comunitário da Biodiversidade


Nenhuma / Não aplicável

MT NAMULI, MOZAMBIQUE: BIODIVERSITY AND CONSERVATION
1 5 6 7 8 9 81 Documentos Totais: 2428