A conservação da biodiversidade de Moçambique está de luto pelo trágico assassinato da bióloga marinha Lara Muaves

A Fundação para a Conservação da Biodiversidade (BIOFUND) recebeu com grande tristeza a notícia da trágica morte da bióloga marinha e conservacionista Lara Cristina Muaves, colaboradora sénior do Fundo Mundial para a Natureza em Moçambique (WWF), ocorrido em Maputo, no dia 14 de Outubro de 2021.

Em vida, Lara fez um trabalho notável pela conservação da biodiversidade marinha e a BIOFUND teve oportunidade de com ela trabalhar em 2020 no pré-lançamento do Programa de Liderança para Conservação de Moçambique (PLCM), num evento online com mais de 400 jovens – webinar  com o tema “Oportunidades e desafios para os jovens na liderança do sector da Conservação”.

Neste webinar Lara partilhou a sua deliberada paixão pela conservação da biodiversidade, partilhou a sua experiência de vida e inspirou vários jovens Moçambicanos para escolher esta área como carreira profissional.

Ser conservacionista é superar as suas expectativas todos dias, é ser perseverante e humilde”.  – disse Lara  Muaves.

A BIOFUND endereça os seus pêsames a família, amigos e ao WWF por esta perda irreparável.