Direcção Nacional do Ambiente (DINAB) e parceiros realizam Treinamento sobre o desenho de Planos de Gestão de Contrabalanços de Biodiversidade

A Direcção Nacional do Ambiente (DINAB) em colaboração com o Programa COMBO+ liderado pela Wildlife Conservation Society (WCS) em parceria com a Fundação para Conservação da Biodiversidade (BIOFUND), realizaram entre os dias 14 e 15 de Dezembro um treino intensivo aos técnicos do governo sobre o Diploma Ministerial nº 55/2022, sobre o Módulo IV – Treinamento sobre o desenho de Um Plano de Gestão de Contrabalanços de Biodiversidade de acordo com Diploma Ministerial nº 55/2022 e Visita ao Projecto de Remoção de Eucaliptos no Parque Nacional de Maputo.

Este módulo foi direccionado para técnicos do governo do sector do Ambiente e da Comissão Técnica de Avaliação de Impacto Ambiental e contou com 30 técnicos do Ministério da Terra e Ambiente (MTA), Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos (MOPHRH), Direcção Nacional do Ambiente (DINAB), Direcção Nacional de Florestas (DINAF), Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), Parque Nacional de Maputo (PNAM), Serviço Nacional de Actividades Económicas da Cidade de Maputo (SAECM), Agência Nacional para o Controlo de Qualidade Ambiental (AQUA), Instituto Nacional da Marinha (INAMAR) e formadores da WCS Moçambique e da BIOFUND em representação do Programa COMBO+.

O treino de 2 dias foi composto por sessões teóricas e práticas. A sessão teórica realizou-se no dia 14 de Dezembro no Hotel Radisson Blu, na Cidade de Maputo onde foi apresentada e discutida a estrutura do Plano de Gestão de Contrabalanços de Biodiversidade (PGCB) conforme o Diploma 55/2022; e a sessão prática foi realizada no dia 15 de Dezembro no Parque Nacional de Maputo, com a visita ao Projecto piloto de remoção de eucaliptos. Esta iniciativa foi virada para a aprendizagem técnica sobre os procedimentos legais, técnicos e financeiros de futuros projectos de contrabalanços de biodiversidade em Moçambique. Este projecto é financiado pelo Banco Mundial/Projecto MozBio 2, UNDP/Projecto BIOSFAC, AFD/FFEM através do Programa COMBO+.

O projecto piloto liderado pelo PNAM em colaboração com o Programa COMBO+ tem contribuído para a definição da estratégia de remoção de espécies invasoras no Parque, definição de planos de acção para a remoção de invasoras, avaliação ecológica da biodiversidade chave, definição de métricas e formação técnica de profissionais do Parque Nacional de Maputo. Em relação à capacitação de profissionais da conservação, destacamos o caso de Jeremias Madabula, Licenciado em Engenharia Florestal pelo Instituto Superior Politécnico de Gaza que foi também beneficiário da 3ª edição do Programa de Liderança para Conservação de Moçambique (PLCM), afecto ao sector de conservação no PNAM e também técnico do Projecto de Remoção de Eucaliptos no PNAM.

Para saber mais sobre o treinamento dos técnicos do governo e os projectos piloto de melhoria de habitats nas áreas de conservação clique aqui.