Fundo Dr. Carlos Lopes Pereira premeia cinco fiscais da Conservação

Trata-se da primeira premiação do Fundo Dr Carlos Lopes Pereira (formalmente estabelecido em Julho 2020), num evento alusivo ao Dia Internacional do Fiscal de Flora e Fauna Bravia, que se assinala anualmente a 31 de Julho, realizado este ano na Reserva Especial do Niassa, liderada por Sua Excia, Filipe Nyusi. Os vencedores foram apurados após um processo rigoroso de selecção realizado de 11 de Junho a 05 de Julho do corrente ano, onde os administradores/gestores de diferentes Áreas de Conservação de Moçambique submeteram as candidaturas dos fiscais que mais se destacaram no último ano.

Foram recebidas 13 candidaturas para o Prémio Fiscal do ano de 2021, que foram avaliadas por um júri independente, composto pela Fundação para a Conservação da Biodiversidade (BIOFUND), a Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) e Associação Moçambicana de Operadores de Safari (AMOS), que apurou cinco fiscais vencedores, com base nos seguintes critérios:

  • Compromisso e dedicação – referente a manifestação de entusiasmo e competência para trabalhar como fiscal, cumprindo todos os deveres quotidianos  numa maneira exemplar;
  • Impacto e contribuição – referente a contribuição significativa para protecção da fauna e habitats, promovendo a conservação nas comunidades locais ou outro trabalho essencial para a conservação;
  • Ameaças e desafios superados – referente a habilidades de responder corajosamente às dificuldades e perigos enfrentados no trabalho; abordando efectivamente os desafios do combate aos danos à vida selvagem.
  • Liderança e inspiração – referente a capacidade de cumprir as expectativas do seu dever, demonstrando a capacidade de influenciar, motivar e liderar os membros da equipe.

Os cinco fiscais vencedores do ano 2021, são provenientes de cinco Áreas de Conservação públicas e privadas do país, nomeadamente: António Soze Fombe da Reserva Especial de Niassa, João Bernardo Castigo Massane do Parque Nacional do Arquipélago do Bazaruto, José Ernesto Amimo de Luwire – Lugenda Wildlife Reserve, operador privado que faz parte da Reserva Especial de Niassa, Martins Rodrigues da Reserva Especial de Maputo e Talento Luwemba de Safaris de Moçambique, em Tchuma Tchato.Cada fiscal vencedor recebeu um diploma de mérito e a quantia de 25 Mil meticais em dinheiro.

O Fundo Dr. Carlos Lopes Pereira, tem como principais parceiros a ANAC e a AMOS, e como principais doadores a BIOFUND, a TUSK e a AVM Consultores.

Para mais informações sobre o Fundo Dr. Carlos Lopes Pereira visite o website da BIOFUND através do link https://www.biofund.org.mz/projects/apoio-aos-fiscais/